Bhagavad Gita - Sabedoria

Bhagavad Gita - Sabedoria

"Bom é agir e bom é abster-se da atividade.

O verdadeiro renunciante é somente aquele que nada deseja e nada recusa, não afetado por esperança ou medo.

O reino da quietude que se conquista pela meditação é também alcançado pela ação.

Sábio é o que compreende que ambas – consciência e ação – são uma só em essência.

O sábio que, pela força da verdade, renuncia a si mesmo é um com Brahman. Puro de coração, forte no bem e senhor de todos os seus sentidos. A serviço da vida realiza as ações sem ser escravizado por elas, porquanto reconhece que não é ele que age, quando vê, ouve ou sente.

Quem tudo faz sem apego realiza o espírito de Deus. Com a força do corpo, da mente, do coração a tudo renuncia e, sem desejos, alcança a paz.

O Senhor do Universo é perfeito em si mesmo. Quem se integra ao Ser e nEle repousa está livre de incertezas e trilha o caminho da luz – caminho sem retorno, porque Luz da Verdade.

Quem assim vive venceu o mundo, vê Deus em todos os seres, exala alegria e prosperidade, desconhece frustração e adversidade.

Quem preserva sua alma das coisas – que vêm de fora – realiza o verdadeiro EU, encontra a beatitude do Ser.

As alegrias do mundo dos sentidos encerram futuras tristezas. Ambas, porque vêm e vão, não contém em si a verdadeira felicidade.

Feliz é aquele que consegue libertar-se dos impulsos do ódio e da paixão. Em união com Deus é, em verdade, um santo, que encontra o céu em si mesmo, a sua vida é una com Brahman.

Assim, todo aquele que é liberto de ódios e paixões e forte na humildade e na fé, supera o ego e realiza o Eu, habita a luz e é repleto de virtude e paz.

Ele sabe que EU SOU a Essência de toda a Existência.

Eu, o Imanifesto, em tudo manifesto.

Eu, a suprema e imutável Realidade, em incessante mutação.

Eu, refúgio e proteção."


Compartilhar
BlogVB
BlogVB

Últimas Postagens

Amar o Mundo

Uns escutam e veem com a naturalidade dos simples, outros amam os sentidos, aprisionam-se no mundo... continuar >>



Percepção e Escolha

"As leis de Deus não prevalecem diretamente em um mundo no qual a percepção domina, pois tal mundo não... continuar >>